O evento terá diversas atrações musicais e quitutes doces e salgados feitos com o milho produzido pela comunidade

A primeira grande Festa do Milho Verde aconteceu no dia 02 de março de 1975 e contou com a presença de aproximadamente 10 mil pessoas. Atualmente o evento faz parte do calendário turístico do Estado de São Paulo e Município de Piracicaba e é um dos maiores eventos do Estado no gênero. A última edição da festa, em 2014, atraiu um público de aproximadamente 90 mil pessoas e foram processadas cerca de 120 mil espigas de milho verde, contando com a participação direta de mais de 500 pessoas. A região de Tanquinho possui cerca de 100 hectares de milho com produtividade da ordem de 5.000 kg por hectare.

Nesse ano, a festa acontece aos sábados das 11h às 03h, e aos domingos, das 11h às 20h. A entrada é gratuita aos sábados, das 11h às 18h, e após esse horário e aos domingos, será cobrada entrada no valor de R$ 5,00. Crianças até 10 anos e idosos acima de 60 não pagam. O preço do estacionamento este ano é de R$ 10,00 reais. Na programação, além das opções de alimentação, muitas atrações musicais foram organizadas para todos os dias do evento.

Parte do calendário Turístico do Estado de São Paulo e do Município de Piracicaba, a festividade acontece em Tanquinho, bairro rural de Piracicaba, que fica localizado na Rodovia Piracicaba – Rio Claro km 14,5 (Rodovia Fausto Santomauro/SP127).

A realização da Festa do Milho Verde é do Centro Rural de Tanquinho e da Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Turismo, com apoio da Polícia Militar, da Guarda Civil. Como nos anos anteriores, haverá um forte esquema de segurança durante todo o evento, que contará com seguranças contratados pela organização, policiais civis e militares, câmeras segurança, entre outros.

Quem passar pela festa poderá degustar diversas opções de pratos típicos à base de milho verde, como pamonha, curau, bolo de milho, pão de milho, sorvete, suco, cuscuz, milho cozido, creme de milho, refogados, polenta, trufas de chocolate recheadas de milho, entre outros doces. Todos os produtos são feitos na hora e o milho utilizado é produzido pelo próprio Centro Rural e pela comunidade de Tanquinho. Também serão vendidos lanches, salgados, espetinhos, cachorro quente, e em todos os dias do evento será servido um almoço no sistema self-service, a partir das 11h, que incluirá pratos típicos e porco no rolete.

“A Festa do Milho é um dos principais eventos turísticos de nossa cidade e é culturalmente muito expressiva. A pamonha, carro-chefe da festa, atrai milhares de visitantes da região e de todo o Estado de São Paulo, que buscam as famosas “pamonhas de Piracicaba” e encontram na comunidade de Tanquinho, além dos deliciosos quitutes, uma das nossas tradições culturais mais fortes”, afirma a secretária de Turismo, Rose Massarutto.

O evento é a realização de maior destaque do Centro Rural de Tanquinho, e é através dela que são arrecadados recursos utilizados nas áreas de educação, saúde, esportes e infraestrutura do bairro, além de manter as dependências do Centro Rural, que hoje possui aproximadamente 30.360 m² e 4.000 m² de construções.

“Esta festa é de fundamental importância para o Centro Rural de Tanquinho, pois representa cerca de 60% do orçamento da nossa entidade e com os recursos podemos manter as atividades nas áreas da educação, saúde, infraestrutura, esportes e lazer, entre outras, favorecendo a comunidade do bairro e também os bairros e vilas circunvizinhas”, afirmou José Albertino Bendassoli, presidente do Centro Rural de Tanquinho.

A Festa do Milho Verde foi idealizada por iniciativa da Diretoria do Centro Rural, com o objetivo de divulgar um dos mais importantes cereais produzidos pela comunidade e também para obter recursos para o desenvolvimento de serviços para a comunidade de Tanquinho e bairros circunvizinhos.

 

41ª Festa do milho verde de Tanquinho

Centro Rural de Tanquinho, bairro rural do município de Piracicaba, a 18 km de Rio Claro ou de Limeira, a 70 km de Campinas, 170 km de São Paulo

Acesso: Rodovia Piracicaba – Rio Claro, km 14,5 (Rodovia Fausto Santomauro, SP127 – nas saídas 15A e 15B no trevo de Iracemápolis, ao sair da SP 127 tem-se acesso ao Centro Rural de Tanquinho pela estrada vicinal (cerca de 2 km)

Datas: dias 07,08, 14, 15, 21 e 22 de março de 2015

Horários: Aos sábados, das 11h às 03h

Aos domingos, das 11h às 20h

Para ver a programação completa e obter mais informações, favor visitar o site do Centro Cultural de Tanquinho, clicando aqui!