O Museu Afro Brasil no Parque Ibirapuera em São Paulo já está de portas abertas para a visitação da maior mostra de arte contemporânea Portuguesa já organizada no Brasil

A maior mostra de arte contemporânea portuguesa já realizada no Brasil tem sua abertura programada para hoje, 8 de setembro, no Museu Afro Brasil. A mostra é a segunda parte da trilogia da matriz, série de homenagens criadas por Emanoel Araújo desenvolvida pelo curador da mostra, Emanoel Araujo, responsável por homenagear as principais raízes da cultura brasileira (africana, portuguesa e indígena) à luz de uma leitura contemporânea nas artes visuais. Esta grande mostra sucede “Africa Africans”, recentemente eleita pela Associação Brasileira de Críticos de Arte como a melhor exposição do ano de 2015.

A exposição traz um panorama da recente produção artística do país lusitano, com cerca de 270 obras de mais de 40 artistas. A mostra reúne alguns dos principais artistas portugueses da atualidade e pretende aproximá-los do universo cultural brasileiro. As influências interculturais de Portugal, África e Brasil, nascidas com o antigo império português e aprofundadas decisivamente pela escravidão, são redesenhadas na perspectiva contemporânea.

Arte Contemporânea Portuguesa

ARTISTAS
“Portugal Portugueses” contará com obras de grandes nomes como: Albuquerque Mendes, Ana Vieira, Antonio Manuel, Artur Barrio, Ascânio MMM, Cristina Ataíde, Didier Faustino, Fernando Lemos, Francisco Vidal, Gonçalo Pena, Helena Almeida, Joana Vasconcelos, João Fonte Santa, João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira, Joaquim Rodrigo, Joaquim Tenreiro, José de Guimarães, José Loureiro, José Pedro Croft, Jorge Molder, Julião Sarmento, Lourdes Castro, Manuel Correia, Maria Helena Vieira da Silva, Michael de Brito, Miguel Palma, Miguel Soares, Nuno Ramalho, Nuno Sousa Vieira, Orlando Azevedo, Paula Rego, Paulo Lisboa, Pedro Barateiro, Pedro Cabrita Reis, Pedro Valdez Cardoso, Rui Calçada Bastos, Sofia Leitão, Teresa Braula Reis, Tiago Alexandre, Vasco Araújo, Vasco Futscher e Yonamine.

Yonamine; Pão Nosso de cada dia de Cristina Guerra

Yonamine; Pão Nosso de cada dia de Cristina Guerra

SERVIÇO:

Exposição “Portugal Portugueses – Arte Contemporânea”

• Abertura de exposição – imprensa: 8 de setembro de 2016 – 19h
• Abertura de exposição – para o público: 9 de setembro de 2016
• Encerramento: 8 de janeiro de 2017

App Museu Afro Brasil disponível para IOS e Android, com download gratuito na Google Play e App Store.

Museu Afro Brasil
Arte Contemporânea Portuguesa
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n
Parque Ibirapuera – Portão 10
São Paulo / SP – 04094 050
Fone: 55 11 3320-8900
O funcionamento do museu é de terça-feira a domingo, das 10 às 17hs, com permanência até às 18hs.

Ingresso: Arte Contemporânea Portuguesa
R$ 6,00 – Meia Entrada: R$ 3,00
Gratuidade aos sábados