Sol de inverno, Papito e diversão: saiba como foi o II Blondine Rockfest

No último dia 18 de junho, a Cervejaria Blondine abriu sua moderna fábrica na pequena cidade de Itupeva – a cerca de 70 km de São Paulo – para festejar seis anos com muita cerveja artesanal e rock’n’roll. Numa bela tarde ensolarada de inverno, mais de 500 pessoas apaixonadas por cerveja artesanal se espalhavam pelo espaço da fábrica para provar as 30 torneiras de chope distribuídas pelo ambiente.

Com tantos rótulos incríveis, sendo metade do portfólio da Blondine, ficou difícil escolher qual provar primeiro. Havia cervejas de todos os estilos e para todos os gostos, desde Belgian Pale Ale, Helles, Weiss, ESB, Witbier, Stout e mais uma variedade de IPAs. Os destaques ficaram para a refrescante e lupulada Papito India Pale Lager, em homenagem ao Supla; a Nelson Sauvin, exclusiva Red IPA com o lúpulo neozolandês homônimo, e a Volcano Coffee, potente Stout com café, medalha de Bronze no último Festival Brasileiro da Cerveja.

Siga o meu Instagram: craftbeeraround

Já a aguardada cerveja comemorativa Rockfest 2016, uma refrescante Sour com framboesa, só foi liberada nas torneiras no meio da tarde, depois de um empolgante anúncio da animada equipe da Blondine.

Se não bastasse tanta cerveja boa, mais 15 cervejarias convidadas de peso aumentaram a quantidade de estilos: Pumpkin Ale, Schwarz Bier, Porter, Saison e muito mais. Marcaram presença a Maniba (Novo Hamburgo-RS), Cevada Pura (Piracicaba-SP), Perro Libre (Porto Alegre-RS), Guarubier (Guarulhos-SP), Tupiniquim (Porto Alegre-RS), Madalena (São Paulo), Invicta (Ribeirão Preto), Backer (Belo Horizonte-MG), Opera (Araraquara-SP), Noi (Niterói-RJ), Irmãos Ferraro (Porto Alegre-RS), Walfänger (Ribeirão Preto-SP), Karavelle (Indaiatuba-SP), Babel (Porto Alegre-RJ) e Cervejaria Nacional (São Paulo).

Acompanhando esse line-up cervejeiro e para reforçar a gastronomia da festa, marcou presença o chef e sommelier Ronaldo Rossi, da Cervejoteca, com incríveis sanduíches e petiscos elaborados especialmente para o evento; o chef Lucas Corazza, do programa Que Seja Doce (GNT), com o melhor dos doces artesanais, e o Food Truck Igual da Feira, com deliciosos pastéis.

Para animar a festa, muito rock’n’roll com as bandas Dirty Jack (repertório de AC/DC) e Jolly Rogers (clássicos do rock). Fechando a festa com estilo, o famoso “papito” Supla agitou a turma com diversos hits da carreira, como Garota de Berlim e Charada Brasileiro.

Parabéns Blondine, que venham os próximos!

II Blondine Rockfest

Cerveja Blondine Rock Fest

Cerveja Blondine Rock Fest

Cervejaria convidada Maniba

Cervejaria convidada Maniba

Chope Blondine Rockfest

Chope Blondine Rockfest

Dirty Jack tocando AC DC

Dirty Jack tocando AC DC

Doces do chef Lucas Corazza

Doces do chef Lucas Corazza

Fábrica da Blondine em Itupeva SP

Fábrica da Blondine em Itupeva SP

Fim de tarde na Blondine

Fim de tarde na Blondine

Jolly Rogers com clássicos do rock

Jolly Rogers com clássicos do rock

Papito Supla

Papito Supla

Público animado ao som de muito rock´n´roll

Público animado ao som de muito rock´n´roll

Rodrigo e Talyta no totem fotográfico da Blondine

Rodrigo e Talyta no totem fotográfico da Blondine

Rolou até água com gás lupulada

Rolou até água com gás lupulada

Supla fechando a festa com estilo

Supla fechando a festa com estilo

Torneiras de chope para todos os gostos

Torneiras de chope para todos os gostos

Um brinde aos 6 anos da Blondine

Um brinde aos 6 anos da Blondine

 

Mais informações:

www.blondine.com.br

www.facebook.com/cervejariablondine         

www.instagram.com/cervejariablondine/