O restaurante piracicabano Coisas di Buteco, inaugurado há seis meses por Norberto Antônio Lavorenti, foi um dos cinco finalistas classificados na etapa Campinas do Festival Sabor de São Paulo, promovido pela Revista Prazeres da Mesa, Senac e Secretaria de Turismo do Estado. Eu fui fazer a cobertura e tive o prazer de ser convidada pelo Ricardo Castilho, diretor editorial da Revista Prazeres da Mesa, para fazer parte do júri especializado. Os votos foram computados pelo júri técnico e também pelo público que provou e votou. Foi emocionante dividir a mesa em um evento que busca traçar a identidade gastronômica das regiões paulistas ao lado de pessoas que trabalham tanto para isso como Castilho, Jefferson Rueda, do Attimo, restaurante ítalo-caipira de Sp e Janaína Rueda, do Bar da Dona Onça, também na capital.

Ricardo Castilho (Diretor Editorial da Revista Prazeres da Mesa), Jefferson Rueda (Chef Attimo), Janaína Rueda (Chef Bar da Dona Onça), Patrícia Guimarães (Jornalista Gastronômica), (representantes Festival) e Felipe Vianna (Senac).
Foto Ricardo D’Angelo (Revista Prazeres da Mesa)

O prato chamado Imbruio Caipira era composto por uma mini pamonha recheada com o peixe dourado, servida junto com um pirão do peixe. “Eu procurei unir os dois símbolos da cidade, a pamonha e o dourado, que tem até uma estátua na entrada na cidade”, disse o chef. O prato foi executado pelo chef Roberto de Moraes.

Imbruio Caipira do recém-aberto Coisas di Buteco em Piracicaba é finalista no Festival Sabor de São Paulo. Foto Ricardo D’Angelo (Prazeres da Mesa)

Chef Roberto de Moraes do restaurante de Piracicaba, Coisas di Buteco. Finalista Festival Sabor de São Paulo.
Foto Ricardo D’Angelo (Revista Prazeres da Mesa)

Nesta etapa 10 pratos disputavam uma vaga para a final que acontece em São Paulo em junho. Os classificados foram Panino de Porchetta, do restaurante Cantina Biagio (São Paulo); Imbruio caipira, do Coisas di Buteco (Piracicaba); Baronesa de Bragança, da Linguiçaria Real Bragança (Bragança Paulista); Forrobodó no Farnel, do Restaurante Estação Marupiara (Campinas) e Bocado com sete recheios, Adega e cachaçaria Therense (Pirassununga).

Ingressos esgotados para participar da Etapa Campinas do Festival Sabor de São Paulo.
Foto Ricardo D’Angelo (Revista Prazeres da Mesa)

O projeto busca mapear os pratos típicos, produtos e matérias-primas que caracterizam a identidade gastronômica paulista. No final será desenvolvido um guia.  Além de Campinas e Águas de São Pedro, o Festival já passou por Santos, Sorocaba, São Carlos, Bauru e São José do Rio Preto. Os melhores pratos estarão à venda em um grande festival popular na capital, realizado de 28 a 30 de junho, no Parque da Água Branca, na Zona Oeste da cidade.

Programe-se para participar da etapa final dias 28, 29 e 30 de junho em São Paulo, no Parque da Água Branca (Av. Francisco Matarazzo, 455-Água Branca). Mais informação pelo site www.sabordesp.com.br.