Além de trabalhar no mercado financeiro, ela é cozinheira, já participou do MasterChef e tem um blog onde compartilha suas receitas e fotos

Reportagem Carol Duarte – Especial Senhora Mesa São Paulo

Cecilia Padilha já participou do MasterChef e é uma das organizadoras do Encontro Gourmet, que é o encontro nacional de blogs de gastronomia. Por trabalhar no mercado financeiro, ela tira de letra a pressão no seu dia a dia, afinal, administrar seu trabalho com o blog Yes we Cook e ainda ser mãe não é pra qualquer uma!

Em entrevista exclusiva para o site da revista Senhora Mesa, ela contou que a ideia de criar o blog veio do seu marido, o provador oficial de suas receitas e maior estimulador.  Alias, foi ele quem veio com a ideia do nome Yes we Cook, uma referência ao jargão conhecido por todos: “Yes, we can!”.

“Todos podem, para mim não existem pessoas que não sabe cozinhar, existem as que nunca tentaram ou que não possuem prática, mas como tudo na vida: é praticando que se aprende! Basta apenas querer e tentar!” – explicou Padilha.

Cecilia diz que desde pequena se aventura na cozinha e por adorar receber amigos em casa ela sempre fazia quitutes de receitas preparadas por ela mesma. E apesar de trabalhar com 4 telas de computador na sua frente, com ações, derivativos, gráficos e bolsa de valores ela se defini como uma “curiosa” na gastronomia. Bom, chega de papo e vamos direto ao assunto! Confira a entrevista a seguir:

Por favor, resuma Cecilia Padilha.

Cecilia Padilha – Sou uma pessoa que gosta de fazer mil coisas ao mesmo tempo. Sou super objetiva e um tanto ansiosa… Meus amigos costumam perguntar como dou conta de fazer tudo o que faço (trabalho, blog, viagens, filha, marido, cozinha, eventos, entre outras coisas). A verdade é que isso que me faz feliz. Busco sempre novos desafios na minha vida, arrumo tempo para tudo!

Quando foi que você começou a se aventurar na cozinha?

Cecilia Padilha – Sempre gostei, desde criança, de acompanhar minha avó na cozinha. Ela viaja bastante e sempre trazia temperos na mala dos mais diferentes países e culturas. Além disso, também plantava as mais variadas ervas na horta, já que sempre trazia sementes. Lembro muito bem da busca dela por determinada especiaria para produzir chutney (sempre em larga escala, já que presenteava toda a família e amigos) ou alo mais que quisesse preparar. Minhas duas avós sempre adoraram fazer jantares e almoços para amigos em casa, sempre vivi muito isso: os preparativos, a elaboração do cardápio… Aos 6 anos de idade fiz o meu primeiro livro de receitas e não parei mais: todos os trabalhos em grupo do colégio eram na minha casa por causa dos lanches e tortas que eu preparava, passei a fazer muitas festas em casa também, seguindo o exemplo das avós, daí o caminho foi tentar aprender cada vez mais.

Seu marido que lhe incentivou a criar o blog, correto? Conta como aconteceu.

Cecilia Padilha – Foi algo totalmente improvisado: fomos jantar em um restaurante com menu harmonizado (eu fiz alguns cursos de vinhos e achei muito legal esse jantar). Comentei com ele que queria poder compartilhar com outras pessoas que também gostem, afinal lá no Rio (sou carioca) tinha meu grupo de amigos da ABS para trocar esse tipo de informação. Ele me sugeriu criar um blog, só que eu não lia blog nenhum e nem sabia direto como funcionava. Fui para o google, descobri como fazer algo super básico mesmo para começar. Ele escolheu o nome do blog e assim começou. E me apaixonei tanto por isso que atualmente não vivo mais sem.

De todos os pratos que já provou qual o que tem um espaço maior no seu coração e por quê?

Cecilia Padilha – Todos os da minha avó. Ela visita cozinhas e aprende a fazer pratos super elaborados que a gente nunca chamaria de “cozinha de avó”. Esse é meu conceito de comfort food.

Como foi participar do MasterChef?

Cecilia Padilha – O MasterChef não foi só um dos maiores desafios da minha vida, mas um grande sonho realizado. Eu assisto a esse tipo de programa há mais de 5 anos com o meu marido todo final de semana. Nós torcemos por participantes, damos palpites nos pratos e pensamos em estratégias para fazer melhor. Quando tive a oportunidade de estar em uma cozinha do gênero não tive dúvidas: uma vaga tinha que ser minha. Quando entrei na cozinha e vi aquele relógio foi algo que não sei descrever: realmente emocionante!

Como você faz para conciliar vida profissional com seu hobby?

Cecilia Padilha – Eu sempre digo que tenho tempo para tudo, afinal quando se gosta do que faz a gente consegue conciliar. Tento sempre alinhar os dois, por exemplo: viajo muito a trabalho e nessas viagens sempre procuro compartilhar dicas de restaurantes e lugares para conhecer. E por outro lado sempre aproveito dicas dos lugares que conheço pelo blog para jantares e almoços de trabalho.

Quando você pensa em comida boa pensa em qual cidade ou país?

Cecilia Padilha – Italia. Fiz uma viagem pelo interior que foi uma das melhores da minha vida, pesquisei os melhores lugares para conhecer, passei por Parma, Bolonha, Toscana, Liguria. Fantástico! Sonho conhecer o Japão acho que deve ser incrível também!

Qual seu restaurante favorito?

Cecilia Padilha – Nossa, são tantos… Vou quase todo dia a restaurante por causa do blog e por isso acabo não repetindo muito. No meu instagram @yeswecook tem uma lista enorme e todas as opiniões são muito sinceras! O que mais me surpreendeu recentemente foi o Lasai, que fica no Rio de Janeiro. Adoro o Borago em Santiago também.

E pra acabar, qual o ingrediente que você não vive sem?

Azeite de oliva.

Acompanhe o trabalho da Cecilia pelo site ou pelo instagram.

cecilia-padilha-ywc-senhora-mesa