Table4 é a primeira plataforma no mundo a permitir que os usuários escolham onde vão sentar em seu restaurante favorito

Reportagem Carol Duarte – Especial Senhora Mesa São Paulo

Table4 é um site de reserva gratuito que inclui os melhores restaurantes de São Paulo. A equipe está sempre em busca de reunir o que há de melhor na cidade e o sistema exclusivo de mapeamento de restaurantes criado pelo paulistano Fabio Moon e outros 3 amigos do colégio e faculdade, permite que o cliente não só tenha a garantia de uma mesa, mas também da escolha da mesa que preferir.

Fabio Jae Kyu Moon é um fenômeno entre as contas do Instagram relacionadas a gastronomia. Não só pelo número de seguidores, mas pelo engajamento que gera com suas fotos bem feitas em suas visitas aos melhores restaurantes de São Paulo e do mundo, e a credibilidade de suas indicações! Fabio já visitou mais de 5.000 restaurantes ao redor do mundo junto com um tio passou um mês na Europa comendo em restaurantes do Guia Michelin: “foi aí que comecei a me interessar mais pela coisa”. O bom moço já ajudou a levar do anonimato ao estrelato restaurantes como o Sainte Marie Gastronomia!

Um dos principais objetivos da Table4, lançado recentemente, é criar um relacionamento entre cliente e restaurante para que a experiência seja a melhor possível para ambos. Sendo assim, por meio do Table4, os restaurantes terão mais informações sobre os seus clientes, e os clientes conhecerão melhor os restaurantes. O site facilita e muito a vida dos gourmets da capital, que sabem que em noites concorridas como de quinta e sábado conseguir uma boa mesa é uma tarefa árdua e que exige tempo.

O site é bem fácil de navegar e fazer uma reserva é simples e rápido. Tudo o que você tem a fazer é escolher o seu restaurante preferido e o horário. Ao confirmar a reserva, a sua mesa já está garantida. A confirmação é instantânea e você recebe a confirmação por email. Não precisa ligar para o restaurante, nem imprimir voucher. Lembrando que o tempo de tolerância é de 15 minutos em relação ao horário reservado. Ao ultrapassar esse tempo, o restaurante tem o direito de cancelar a sua reserva.

E tem mais, ao fazer uma reserva em um restaurante através da Table4, você acumula pontos (que eles chamam carinhosamente de Donuts) para resgatar posteriormente, em jantares grátis ou outras bonificações. Legal, né? Na Table4 você pode refinar sua busca por tipo de cozinha, preço, restaurantes premiados, tipos de pratos e até mesmo o tipo de ocasião. Uma inspiração em tanto!

Para saber dos restaurantes e as delícias que ele anda visitando (e comendo!) não deixe de seguir sua conta no Instagram.

Fabio diz que pela fama que tem no Instagram já recebeu diversos convites de restaurantes, mas que sempre recusa, pois não se sentiria à vontade estando implícito que o jantar é cortesia da casa. Confira a entrevista a seguir:

Como você entrou no mundo da gastronomia?

Fabio Moon – Sempre gostei de comer e sempre comi bastante fora. Desde que era moleque. Durante a minha adolescência, o meu tio me levou para uma viagem na Europa e comemos em restaurantes do Guia Michelin por 1 mês. Foi aí que comecei a me interessar mais pela coisa. Fui comprando livros, lendo mais, vendo o que eu gostava e me descobrindo.

Qual exatamente é o seu trabalho nesse meio, e o que você acha do seu sucesso na mídia, principalmente no Instagram? 

Fabio Moon – Eu tenho uma empresa, a Table4, que trabalha com reservas em restaurantes selecionados de SP. As pessoas sempre querem comer bem, e claro gostam de receber dicas. Eu percebi que os restaurantes que eu gostava não eram os mais indicados pela mídia em geral. Seria muito prepotente em achar que eu fiz diferença para alguma coisa, mas fico feliz que muitos estabelecimentos que não eram muito conhecidos pelo público são os mais desejados hoje. Por isso comecei a postar fotos deles, para ofertar o que eu achava bom e ajudá-los na medida do possível, puramente pelo prazer de ofertar os trabalhos em que acredito. Estou aqui porque gosto de gastronomia, gosto de comer e quero incentivar a gastronomia brasileira. Toda vez que eu recebo um email de uma pessoa falando que ela teve uma ótima experiência por minha causa, isso me dá um incentivo a mais para continuar.

Meu “sucesso” e destaque entre as pessoas que fazem a mesma coisa se deve (eu acho) ao fato da pessoa dar uma chance ao que eu estou falando e ver que funcionou para ele. Não acredito que eu seja o melhor ou o mais famoso. Sou apenas o cara que as pessoas se identificam mais, lembrando que nem sempre o melhor para mim é o melhor para você.

O fato de eu conhecer um leque muito grande de estabelecimentos na cidade pode ter ajudado. Morei 2 anos em NY, cidade em que há muitos críticos bons de comida e restaurantes. O mais famoso deles, por exemplo, não me agradava tanto e me identifiquei mais com outro. Acredito que o sucesso está mais na identificação do público do que na pessoa que gera essa reação.

Sacada genial a sua! Conte-nos como surgiu a ideia da Table4 e como você fez para implementá-la.

Fabio Moon – A Table4 foi um projeto que pensei porque eu notei em NY que muitas pessoas gostam de escolher onde sentam. Não faria um site de reservas apenas para fazer reservas porque já há outros no mercado. A ideia foi fazer algo original. Tanto que somos a primeira plataforma no mundo a permitir que nossos usuários escolham onde vão sentar (com mapa e tudo). Sou engenheiro, então me juntei com mais 3 amigos de colégio e faculdade para tentar tornar isso viável no mundo real. Confesso que daria muito certo fora, e alguns amigos que trabalham e são donos de restaurantes me falam que temos que ir para fora, dizem que precisam de algo original como isso.

Mas prefiro implementar esse serviço por aqui, pois meu sonho é que dê certo aqui no Brasil. Quero fomentar a gastronomia brasileira, não a de outros países. Eu sei que brasileiro não tem um costume de reservar, mas dá para se educar o público.

Me conta um pouco sobre você.

Fabio Moon – Eu não gosto muito de falar sobre mim, sou uma pessoa normal. Fiz engenharia na Poli, trabalhei no mercado financeiro e hoje estou com a minha empresa. Comida é um dos grandes prazeres da minha vida, pois é uma das únicas coisas que você faz que mexe com todos os seus sentidos e o efeito de prazer é imediato. Consegue pensar em outra coisa que te proporcione isso?

Você é dono ou investe em algum restaurante?

Fabio Moon – Não. Não tenho relação alguma com nenhum restaurante.

Qual sua comida brasileira favorita e o seu ingrediente favorito?

Fabio Moon – Muitas coisas. Dobradinha, tutu de feijão, rabada, galinhada… Os melhores representantes da culinária brasileira (no sudeste brasileiro) para mim são: Jiquitaia, Trindade em BH, Tordesilhas e o Mocotó. Meu ingrediente favorito é o Ovo!

E por último me fala 3 restaurantes de São Paulo que em sua opinião todos deveriam conhecer.

Fabio Moon – Eles variam com o tempo, dependendo do meu momento. Hoje seriam: Oui, Jiquitaia, Bueno, Kidoairaku, Mocotó, La Casserole e Sainte Marie. Desculpe, não consegui resumir em 3.

table4-sainte-marie-senhora-mesa

Kibe cru e esfihas do Sainte Marie Gastronomia. Foto do instagram @fabmoon.

table4-loi-ristorantino-senhora-mesa

Cordeiro do Loi Ristorantino. “Pra comer de colher” – descreveu Fabio Moon. Foto instagram fabmoon.

table4-oui-restaurante-senhora-mesa

Ostras, ervilhas e cogumelos de um dos restaurantes favoritos de Moon: Oui Restaurante. Foto instagram fabmoon.

table4-casa-mathilde-senhora-mesa

Pastel de Nata da casa de doces portugueses Casa Mathilde. Foto instagram fabmoon.