Eataly em São Paulo

Depois de Nova York e Paris é a vez de São Paulo ganhar uma loja da rede Eataly que inaugura no dia 19 na avenida Juscelino Kubitschek. O mercado de produtos premium terá mais de 7.000 opções selecionadas a dedo. Ao todo são 4.500 metros quadrados distribuídos em três andares, mezanino e um terraço, além de dois subsolos de estacionamento. Além de sete restaurantes temáticos da rede a capital terá um a mais, diferente das outras casas, o Brace Bar e Griglia especializado em grelhados.

Entre os 7.000 itens divulgados, 775 são alimentos vindos da Itália, mas as prateleiras também abrigarão itens brasileiros. O empreendimento é uma parceria entre o Eataly e o Grupo St Marche que já tem o renomado Empório Santa Maria. Os brasileiros Bernardo Ouro Preto e Victor Leal, da rede de supermercados possuem 40% do negócio e são responsáveis por sua administração e os 60% restantes comandados pela companhia Eataly do grupo americano B&B Hospitality da família do renomado chef Mario Batali. A obra custou mais de R$ 40 milhões. O Eataly surgiu em Turim, na Itália, há sete anos e foi criado pelo piemontês Oscar Farinetti. Hoje em dia já são 28 lojas em cinco países.

Eataly em São Paulo conta com 3 andares e mais de 7.000 produtos. Um verdadeiro parque de diversão para os foodies. Foto Divulgação.

Eataly em São Paulo conta com 3 andares e mais de 7.000 produtos. Um verdadeiro parque de diversão para os foodies. Foto Divulgação.

O complexo promete ser um parque de diversões para os gourmets. Serão mais de 800 rótulos de vinho, além de prateleiras recheadas com doces, geleias, arroz, queijos, cervejas, destilados e até utensílios de cozinha e livros de gastronomia. “O Eataly cozinha tudo o que vende e vende tudo o que cozinha, o que significa que quase todos os ingredientes usados nos restaurantes podem ser encontrados no mercado”, disse o grupo em nota.

Ao todo serão 768 lugares espalhados pela cafeteria italiana Lavazza, o famoso quiosque da Nutella, confeitaria, chocolateria e sorveteria Venchi, um açougue, roticceria, padaria, um café vegano, pizzaria, bar de frutas, boteco gourmet e restaurantes de peixe e outro de massas. No terraço ficará o restaurante Brace e uma cervejaria. A rede promete preços acessíveis ao consumidor brasileiro e informou que na pizzaria, por exemplo, uma pizza individual será vendida por R$25. Lá as cozinhas estão sendo chamadas de laboratórios de onde vão sair muçarela, massa fresca, pães, doces e até cerveja. O mais legal é que o trabalho nas cozinhas poderá ser visto através dos vidros.

Outra boa novidade é que no primeiro andar estará uma sala chamada de La Scuola, onde acontecerão aulas de culinária, mas o espaço não cabe muita gente, tem apenas 18 lugares. Tudo lá é lindo, agradável, realmente um passeio.

Famoso bar da Nutella promete fazer sucesso por aqui também.

Famoso bar da Nutella promete fazer sucesso por aqui também. Foto Divulgação.