Site do chef de cozinha e apresentador agora ficará hospedado no R7

Reportagem Carol Duarte – São Paulo

O chef de cozinha e apresentador dos programas Hoje em Dia e Homens Gourmet, Dalton Rangel, lança seu novo site, agora hospedado no Portal R7. A novidade traz um canal mais simples de navegar, com muitas receitas, vídeos, dicas gastronômicas e matérias do Hoje em Dia, programa da TV Record. O chef também dá dicas e diversos truques culinários para os amantes da gastronomia.

Para Dalton essa nova forma do site garantirá ao público menos acostumado com a internet, que consiga navegar com simplicidade pelas páginas e encontrar o que procura com maior facilidade. “Outra coisa que me deixou muito feliz por estar hospedado no Portal R7 é que os telespectadores do Hoje em Dia poderão rever as matérias do meu quadro do programa no site”, afirma o chef. Para conhecer o novo site do chef é só clicar aqui!

Leia a seguir a entrevista que fizemos com o chef Dalton Rangel:

Senhora Mesa – Quando foi que você percebeu que a cozinha te levaria para televisão?

Dalton Rangel – Desde muito novinho, sempre amei televisão. Eu sou da época do início da novela Malhação, Globo. Mocotó, cabeção, entre outros personagens foram grandes inspiradores para que eu desejasse estar na frente das telinhas. Depois de voltar da Europa, tive a oportunidade de participar do Superchef, Mais Você e lá, quando tive meu primeiro contato com as câmeras, logo soube que gastronomia e televisão seriam o futuro da minha carreira.

S.M- Conta pra gente um pouco sobre a sua história na cozinha e o que mais te marcou no período da faculdade.

D.R- Comecei muito cedo na cozinha. Quando tinha apenas 8 anos já estava preparando bolos, pães e biscoitos na cozinha do restaurante da minha mãe. Tive uma ótima influência familiar e de chefs amigos para entrar no mundo da gastronomia. Aos 12, quando defini que a cozinha seria minha profissão, fiz vários testes na cozinha da minha mãe até o momento que defini entrar na faculdade de gastronomia, Senac – Águas de São Pedro. Seguindo os padrões da escola, nunca fui um aluno exemplar. Sou muito hiperativo e parar nas aulas teóricas era algo praticamente impossível para mim, mas na prática, onde meu coração batia forte, meu instinto me levava longe. O fato que mais me marcou na faculdade aconteceu no meu último dia de aula, antes mesmo de terminar minha última aula, tive que sair da faculdade me despedindo de todos, meus grandes amigos de maneira repentina, porque estava indo para Europa, trabalhar em Portugal. Não participar da minha própria formatura, doeu muito!

S.M- Como você consegue conciliar os dois programas?

D.R- Muito bem. Eu amo meu trabalho e ter que gravar o tempo inteiro, nunca me incomodou. Para dizer a verdade, quanto mais eu gravo, mais vivo eu me sinto!

S.M- Conta um pouco sobre seu novo site.

D.R- Há 5 anos venho tentando lançar um site, onde os internautas entrassem e pudessem se sentir em casa, super à vontade. Finalmente, com o apoio do R7 e minha equipe, consegui lançar meu bebê, que demorou 9 meses para ficar pronto. Para iniciar o site, produzi mais de 400 receitas e agora, além de ter a manutenção diária de novas receitas no site, estou lançando vídeos para que as pessoas possam visualizar ainda melhor o passo a passo das receitas que produzo. Enfim, quero que o público tenha confiança em acessar, copiar a receita e saber que ela dará certo. Afinal de contas, todas foram feitas com muito carinho por mim.

S.M- Qual seu ingrediente preferido?

D.R- Para mim, essa é uma pergunta impossível de se responder. A cada dia que passa me surpreendo mais com nossos ingredientes. Isso sem contar com a nossa sazonalidade e a diversidade da qualidade encontrada nos diferentes produtos. Vou dar o exemplo do tomate: A cada semana me apaixono e me decepciono com ele. As safras são completamente sem padrão e os produtores, a meu ver, estão muito mais ligados na produção em escala, do que com a qualidade. Mas quando temos um tomate, produzido sem esses padrões que as grandes cidades exigem, volto a me apaixonar. Para mim, meu ingrediente preferido, é aquele que é produzido com carinho e respeito pelo seu tempo de maturação.

S.M- Qual você jamais usaria?

D.R- Alguns ingredientes que me deparei na Ásia. Cachorro, cobra, aranhas e até mesmo baratas.

S.M- Doce ou salgado?

D.R- Salgado, por favor!

S.M- Qual seu prato assinatura?

D.R- Muitos me perguntam isso. Eu, por não ter mais restaurante, perdi completamente a obrigatoriedade de repetir preparações. Hoje, a cada dia, cozinho algo diferente. Sigo muitos os padrões do bom ingrediente, portanto, quando entro na feira ou no mercado, escolho o que está fresco, o que está bom e daí faço minha preparação.

S.M- Anthony Bourdain ou Gordon Ramsay?

D.R- Apesar de ter vendido uma imagem de chef carrasco, sou Gordon mil vezes. Chef que antes mesmo de entrar na televisão, já acumulava muitas estrelas Michelin. Merece meu respeito!

S.M- Se pudesse escolher, como seria o seu último jantar?

D.R- Seria ao lado da minha família, com a minha mãe preparando um grande banquete, como ela está acostumada a fazer… risos.