Seleção 2015 do guia MICHELIN Rio de Janeiro & São Paulo, destaca 1 restaurante com duas estrelas e 16 restaurantes com uma estrela

Reportagem Carol Duarte – Especial Senhora Mesa São Paulo

Hoje de manhã fui ao lançamento oficial do Guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo. O evento que ~diga-se de passagem~ foi um sucesso, aconteceu no MuBE (SP) e estavam presentes Claire Dorland-Clauzel, Diretora de Marcas e Relações Externas da Michelin, Jean-Philippe Ollier, Presidente Michelin da América do Sul e Michael Ellis, Diretor Internacional dos guias MICHELIN. Os três falaram sobre a estratégia de comunicação adotada pela empresa no anúncio da publicação no Brasil, a metodologia do guia e as tendências da gastronomia brasileira.

guia-michelin-rio-sp-1-senhora-mesa

Entrada do evento do lançamento oficial do Guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo. Foto Carol Duarte para Senhora Mesa. Todos os Direitos Reservados.

Há mais de um século, a Michelin tem como objetivo contribuir para a melhor mobilidade, oferecendo aos seus clientes mais segurança, mais conforto, mais prazer em dirigir e em viajar, seja utilizando os pneus ou os guias e mapas da marca. Com o guia MICHELIN Rio & São Paulo, o primeiro da América do Sul, o grupo Michelin continua ajudando milhões de viajantes se deslocarem melhor. Esta missão do guia, que existe desde sua criação em 1900, é também a missão do grupo Michelin: oferecer “a melhor maneira de ir mais longe”.

chefs1-michelin-senhora-mesa

Claire Dorland-Clauzel, Jean-Philippe Ollier e Michael Ellis recebem chefs e representantes de restaurantes. Foto Carol Duarte para Senhora Mesa. Todos os Direitos Reservados.

guia-michelin-senhora-mesa

Lançamento oficial Guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo 2015 no MuBE.

Michael Ellis disse que o grupo está expandindo sua atividade de Mapas e Guias – turísticos e gastronômicos -, ampliando sua cobertura mundial. “A gastronomia brasileira vem se desenvolvendo de maneira significativa, ganhando relevância internacional, e a Michelin quer acompanhar esse desenvolvimento no Brasil”.

Composto por 304 páginas com 188 estabelecimentos, sendo 43 hotéis e 145 restaurantes o guia MICHELIN Rio de Janeiro & São Paulo 2015 chegará no dia 10 de abril no mercado brasileiro, em diversos pontos de venda, como livrarias, bancas de jornal e lojas de conveniência (preço: R$ 80).

Esta primeira seleção revela o forte potencial do cenário gastronômico brasileiro, nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, onde os inspetores puderam descobrir cozinhas muito criativas, com produtos locais de qualidade e de grande diversidade, com ricas influências do mundo inteiro. Depois de longos meses de trabalho, nestas duas cidades, os inspetores da Michelin encontraram restaurantes muito promissores, que serão à base da cozinha brasileira dos próximos anos.

Nesta seleção, inédita na história do guia MICHELIN, o restaurante D.O.M., localizado em São Paulo, foi contemplado com duas estrelas. O chef Alex Atala propõe uma cozinha rica, de personalidade única e altamente criativa, que valoriza os produtos tradicionais brasileiros, frequentemente pouco utilizados, alguns trazidos da Amazônia pelo próprio chef. O Dalva e Dito, o outro restaurante do chef Atala, também se destacou, com uma estrela. Em São Paulo, 10 restaurantes receberam sua primeira estrela nesta edição de 2015, como o Mani, onde a chef Helena Rizzo e seu colega Daniel Redondo apresentam uma cozinha inovadora e criativa, assim como os restaurantes Jun Sakamoto, Kinoshita e Kosushi, que servem uma excelente culinária japonesa.

Seis restaurantes no Rio de Janeiro também se destacaram com uma estrela. Entre eles, o restaurante da chef Roberta Sudbrack, que oferece uma cozinha brasileira moderna e autêntica, usando ingredientes locais, onde as misturas de texturas e de sabores suscitam emoções únicas. O Olympe, restaurante do famoso chef francês Claude Troisgros, instalado no Brasil desde 1979, e de seu filho Thomas, apresenta uma cozinha francesa, utilizando ingredientes e produtos locais.

Vinte e cinco restaurantes foram destacados com o Bib Gourmand nesta primeira edição, sendo 8 no Rio de Janeiro e 17 em São Paulo. Indicado no guia MICHELIN pelo pictograma, o Bib Gourmand destaca os bons restaurantes que oferecem um cardápio completo (entrada, prato principal e sobremesa) por, cerca de R$ 90,00.

carlos-bertolazzi-senhora-mesa

Chef do Zena Caffè e apresentador do programa Cozinha sob pressão, Carlos Bertolazzi.

emmanuel-bassoleil-michelin-senhora-mesa

Chef Emmanuel Bassoleil. Foto Carol Duarte para Senhora Mesa. Todos os Direitos Reservados.

tsuyoshi-murakami-senhora-mesa

Chef Tsuyoshi Murakami do Kinoshita. Foto Carol Duarte para Senhora Mesa. Todos os Direitos Reservados.

Confira a lista:

Duas Estrelas – D.O.M. (Alex Atala) São Paulo

Uma Estrela São Paulo

Attimo (Jefferson Rueda)

Epice (Alberto Landgraf)

Tuju (Ivan Ralston)

Maní (Helena Rizzo, Daniel Redondo)

Fasano (Luca Gozzani)

Huto (Fábio Honda)

Jun Sakamoto (Jun Sakamoto)

Dalva e Dito (Alex Atala, Luiz Gustavo Galvão)

Kinoshita (Tsuyoshi Murakami)

Kosushi (George Koshoji)

Bib Gourmand São Paulo

Mocotó

Esquina Mocotó

L’Entrecôte de Paris

Tian

Brasserie Victória

Sal Gastronomia

Antonietta Empório

Jiquitaia

Mimo

Ecully

Zena Caffè

Miya

Tartar & Co

Arturito

Casa Santo Antônio

Marcel

La Cocotte

Uma Estrela Rio de Janeiro

Oro (Felipe Bronze)

Le Pré Catelan (Roland Villard)

Roberta Sudbrack (Roberta Sudbrack)

Olympe (Claude Troisgros, Thomas Troisgros)

Mee (Rafael Hidaka)

Lasai (Rafael Costa e Silva)

Bib Gourmand Rio de Janeiro

Lima Restobar

Miam Miam

Entretapas

Oui Oui

Restô

Artigiano

Pomodorino

Cais

Confira imagens de guias antigos:

guia-MICHELIN-Franca-1900-senhora-mesa

Guia Michelin França – 1900.

guia-MICHELIN-Belgica-1904-senhora-mesa

Guia Michelin Bélgica – 1904.

guia-MICHELIN-Espanha-e-Portugal-1931-senhora-mesa

Guia Michelin Espanha e Portugal – 1931.

michelin-bib-etoile-senhora-mesa

Desenho antigo do boneco da Michelin.