Rede de lojas de cookies e delícias típicas americanas lança o ovo de páscoa de cookie com chocolate belga

Lojas ambientadas para saborear as guloseimas típicas das vovós americanas, onde os clientes podem ver os cookies entrarem no forno e saírem quentinhos, aromatizando todo o ambiente. Esse foi o conceito criado pelo Mr. Cheney, uma verdadeira cookie store americana no Brasil.

O cookie já é delicioso e na Páscoa ele se transforma na base saborosa para ovos de Chocolate Belga Premium. Essa é a aposta da Mr Cheney para agradar o paladar de consumidores e coelhinhos neste ano.

A pedido dos fãs da rede que não ficam sem cookie em nenhuma data especial, a Mr. Cheney acaba de lançar a linha de ovos de páscoa. São ovos feitos artesanalmente um a um, com chocolate Belga e pedaços de cookie. Os ovos poderão ser encontrados em todas as lojas da rede nos tamanhos com 55gr e 250gr.

ovo-de-cookies-senhora-mesa

Ovo maciço nos sabores cookie tradicional e triplo chocolate com 55gr – R$13,90. Ovo recheado com bombom de cookie com 250gr- R$49,50.

Embalados em caixas especiais e decoradas para Páscoa, os ovos de 55gr vem nos sabores dos cookies triplo chocolate ou tradicional e custam R$13,90. Já os de 250gr são recheados de bombons de cookie e são vendidos pelo valor de R$49,50. “Criamos um produto Premium, exatamente da forma que os nossos clientes gostam. Com certeza será uma excelente escolha de presente para aquele amigo especial” diz Lindolfo Paiva, diretor da rede.

O Mr. Cheney tem este nome depois que um americano, chamado Jay Cheney, veio ao Brasil numa missão mórmon e conheceu Lindolfo Paiva, que estava servindo na mesma missão no sul do país. Anos mais tarde, após nova visita ao Brasil, o americano contou que era gerente de uma loja de cookies nos Estados Unidos (um cookieman, como são chamados lá) e ensinou a receita original do cookie americano e seus segredos. Lindolfo e sua esposa começaram a fazer cookies de maneira caseira primeiramente, mas o sucesso foi tanto, que muita gente conhecida queria comprá-los. Ao comentar isso com seu amigo americano, Jay Cheney voltou ao Brasil e ajudou Lindolfo a montar a primeira loja na Zona Norte, que foi batizada de Mr. Cheney por Lindolfo para homenagear o amigo. Até hoje, quando um americano experimenta os cookies do Mr. Cheney os comentários são sempre os mesmos: “vocês deveriam abrir lojas nos EUA, porque nem mesmo lá comemos cookies tão saborosos como estes”.

Encontre a loja mais próxima de você, aqui!