Ontem resolvei fazer bracciola. O nome muito chique na verdade esconde uma receita simples, fácil de fazer e muito gostosa. Aqui em Goiás chamam de bife à rolle. Em outros lugares aportuguesaram a bracciola, de origem italiana, para brajola. Ela é tão comum nos lares brasileiros, que também tem gente que chama apenas de rolinho de carne.
O segredo que aprendi, fiz ontem pela primeira vez, foi usar a panela de pressão. No açougue perguntei a melhor carne para fazer a bracciola. Me indicaram cochão mole, mas resolvi fazer com alcatra. Tem que pedir para o açougueiro não retalhar o bife, já que você vai usá-lo pra enrolar.

Usei seis bifes de alcatra sem nenhuma gordura. Abri a geladeira e vi que tinha vagem, cenoura, que é um ingrediente básico da receita, um pedaço de bacon defumado e cebola. Temperei os bifes com sal. Aliás, comprei o sal light aqui pra casa. Gostei bastante, além da comida a conciência fica mais leve também. Então… teperei os bifes e fui cortar os ingredientes. Cortei duas cenouras pequenas em tiras, cortei cebolas em tiras mais grossas, cortei um pedaço de bacon e as vagens tirei só as pontinhas. Coloquei uma a duas tiras de cenoura, dois pedaços de vagem, bacon e cebola em cada bife, enrolei e prendi com palito de dente.
O restante dos ingredientes eu piquei grosseiramente pra poder fazer parte do molho. Coloquei um pouco de azeite no fundo de uma panela grande, dourei as bracciolas dos dois lados e acrescentei uma lata de molho de tomates pelados e o restante dos legumes picados.
Daí vou contar minha experiência, assim ninguém mais erra. Coloquei água para cozinhar até quase cobrir todas as bracciolas. Ficou no fogo alto até secar a água por uma hora mais ou menos. Quando fui ver a carne estava dura. Então faça o seguinte: coloque diretamente na panela de pressão por mais ou menos 30 minutos depois que pegar pressão. Desligue, verifique, se não estiver bem macia, quase desmanchando, coloque mais água e volte para o fogo.
No fim, a água evaporou e o molho ficou bem concentrado. Ficou uma delícia. No almoço usei arroz branco com bastante cebola para acompanhar. Minha filha comeu com arroz e feijão. Já no jantar comi uma bracciola com salada.
Se você gostou desse post deixe seu comentário, se não gostou também, rs! Se tiver alguma sugestão do que eu poderia cozinhar envie um email.
Bjss