Eu fiz esse prato no último sábado. Na verdade queria fazer um teste, e se desse certo, publicaria aqui no Senhora Mesa. É uma receita que eu inventei. Na verdade está mais para improvisei, rs. Fui ao supermercado e resolvi comprar duas caçarolinhas, que servem porção única, mas que vão do forno à mesa na maior praticidade e beleza de apresentação. Mas já era tarde e eu havia trabalhado o dia todo e estava um pouco cansada, então precisei ser ágil.

Como muita mulheres trabalham hoje, Dia dos Namorados, o dia todo, mas as vezes, gostaria de servir alguma cosia, essa é a chance. Faça você mesmo e surpreenda. Ficou uma delícia e leva apenas alguns minutinhos para ficar pronto. Melhor ainda. Dá para preparar antes, deixar na geladeira e depois de tomar um vinho com o namorado ou eterno namorado, no caso dos maridos e esposas, colocar no forno e pronto.

Confesso que usar ingredientes prontos me dá um certo peso na consciência. Mas nem sempre, aliás, poucas vezes, é possível fazer tudo fresco. Para não ficar tão triste, procurei comprar ingredientes de qualidade e a massa é artesanal e fresca. Se você não tiver uma caçarola pequena, pode fazer em um refratário, da mesma forma.

*Ingredientes (2 porções)

– Duas xícaras de nhoque de batata. Um pouco menos que um pacote de 400 g.
– 100 g de presunto cru, fatiado o mais fino possível
– 1 fatia, com cerca de um dedo de largura, de queijo ementhal
– 1 1/2 de tomates pelados
– azeite
– 2 colheres de chá de queijo parmesão ralado (para gratinar)
– tempero feito com 2 dentes de alho, sal, manjericão, alecrim, uma colher de azeite
(eu costumo bater com o mixer, mas pode ser processador ou pilão)

*Mão na massa

Vamos lá. Se eu consegui, você consegue. Simples e rápido. Ferva dois litros de água e quando estiver fervendo, coloque o nhoque. Enquanto isso, pique grosseiramente as fatias de presunto cru e o queijo em quadradinhos pequenos. Em uma caçarolinha, coloque duas colheres de azeite e o tempero batido ou amassado. Assim que dourar levemente, coloque o tomate pelado. Com uma colher, corte os tomates em pedaços pequenos. Deixe o molho no fogo mais baixo que você tiver no fogão enquanto o nhoque cozinha. O nhoque está pronto quando ele subir para a superfície da água. Nessa hora, com a ajuda de uma colher escumadeira (com furinhos) vá retirando os que estiverem prontos e coloque para escorrer.
Antes de começar a montar nosso prato, preaqueça o forno a 200 graus. Faça a montagem da seguinte forma: coloque no fundo da caçarolinha, ou refratário um pouco de molho que cubra o fundo. Em seguida coloque o presunto cru e por cima dele o queijo. Logo acima deve vir o nhoque e para finalizar molho até cobrir e entrar nos espaços laterais que ficam entre os nhoques. Leva ao forno por 15 minutinhos, só para derreter o queijo.
Ficou uma delícia. Com um garfo você pega o nhoque e do fundo vem o queijo com o presunto cru e mais molho. Eu gosto muito de ementhal porque ele é um queijo mais doce e combinou muito bem com o presunto cru. Uma dica: acerte o sal do molho no fim do cozimento. A minha vinha d´alho, não leva praticamente nada de sal, mas alho e ervas.

Espero que gostem! Feliz Dia dos Namorados!

Beijos!