Feliz Natal pra você que acompanha o Blog, meu leitor querido. Eu desejo que este dia seja abençoado e o início de tudo o que queremos mudar e melhorar no próximo ano.

Vou começar com uma receita fácil de fazer e no final um textinho de um livro que eu gosto de ler diariamente.

Beijo grande!

SOBREMESA NATALINA  RENDIMENTO: cerca 4 porções  INGREDIENTES:  .2 e ½ xícaras (chá) de vinho branco (500ml) .½ xícara (chá) de uvas-passas escuras (65g) .1 xícara (chá) de figo seco, cortado em 4 (160g) .1 xícara (chá) de damasco turco, cortado ao meio (165g)  .1 xícara (chá) de uvas crimsons (135g) .1 colher (sopa) de açúcar demerara UNIÃO NATURALE (25g)  .4 bolas de sorvete de creme (cerca de 240g) Preparo Misture as frutas, o açúcar, e o vinho, e ferva em fogo baixo por 10 minutos. Espere amornar e distribua em taças. Reserve na geladeira até o momento de servir. Sirva com uma bola de sorvete.

SOBREMESA NATALINA
RENDIMENTO: cerca 4 porções
INGREDIENTES:
.2 e ½ xícaras (chá) de vinho branco (500ml)
.½ xícara (chá) de uvas-passas escuras (65g)
.1 xícara (chá) de figo seco, cortado em 4 (160g)
.1 xícara (chá) de damasco turco, cortado ao meio (165g)
.1 xícara (chá) de uvas crimsons (135g)
.1 colher (sopa) de açúcar demerara UNIÃO NATURALE (25g)
.4 bolas de sorvete de creme (cerca de 240g)
Preparo
Misture as frutas, o açúcar, e o vinho, e ferva em fogo baixo por 10 minutos. Espere amornar e distribua em taças. Reserve na geladeira até o momento de servir. Sirva com uma bola de sorvete.

 

 

Alimente uma Planta

“À primeira vista, esta pode parecer uma sugestão superficial e estranha. Qual será o bem que alimentar uma planta pode lhe fazer? Um dos objetivos da vida espiritual e um dos requisitos para a paz interior é aprender a amar incondicionalmente. O problema é que é realmente muito difícil amar uma pessoa, qualquer uma, incondicionalmente. A pessoa que estamos tentando amar inevitavelmente diz ou faz algo errado, ou não corresponde às nossas expectativas de alguma maneira. Então ficamos aborrecidos e impomos condições ao nosso amor: Eu o amarei, mas você terá que mudar. Terá que se comportar do modo que eu quero que se comporte”.

(…) “uma planta, no entanto, é fácil de ser amada tal como é. Por isso, alimentar uma planta nos oferece uma excelente oportunidade de praticar o amor incondicional. Por que será que praticamente todas as tradições espirituais advogam a incondicionalidade do amor? PORQUE O AMOR TEM GRANDE PODER DE TRANSFORMAÇÃO. Amor incondicional faz surgir sentimentos pacíficos em quem dá e quem recebe.

Escolha uma planta, de dentro ou de fora de casa, uma que você veja todos os dias. Pratique tomar conta e amar esta planta como se ela fosse um bebê (…). Fale com sua planta, diga a ela o quanto a ama. Ame sua planta quer ela brote, quer não, quer viva, quer morra. Ame-a, simplesmente. Perceba como você se sente ao oferecer a esta planta seu amor incondicional. Quando consegue oferecer este tipo de amor, você nunca se sente agitado, irritado ou apressado. ESTÁ, APENAS, NUM ESPAÇO DE AMOR. Pratique este tipo de amor todas as vezes que vir sua planta, pelo menos uma vez por dia.

Depois de um certo tempo, você provavelmente saberá estender seu amor a outras coisas além dela. Quando sentir como é bom este amo, experimente oferecê-lo às pessoas em sua vida. Pratique não querer que elas mudem ou sejam diferentes para merecer o seu amor. Ame-as pelo que são, pura e simplesmente. Sua planta pode ser uma professora maravilhosa – mostrando-lhe o poder do amor.”

Richard Carlson,  Ph.D
Livro “Não Faça Tempestade em Copo D’Água…e tudo na vida são copos d’água…