Semana passada fui a uma banca de revistas. Adoro banca de revistas. Adoro revistas: Joyce Pascowitch, Elle, Vogue, Go´Where Gastronomia, Imprensa, Veja, Época..Me deparei com mais uma daquelas coleções de fascículo, “Cozinha do Mundo”, da Abril Coleções.
Me deparei especificamente com a edição que trazia os sabores da Grécia. Como esse tipo de comida me lembrou uma reunião gostosa e divertida resolvi comprar e testei ontem a receita de Mussacá, considerado o prato grego mais conhecido do mundo.
Antes da receita, o momento que me trouxe a ela. Em fevereiro deste ano fomos fazer uma viagem bem muleka pra Orlando. Curtir os parques e tal. Um casal de amigos nosso, A Cris e o Rica, com o filhinho deles, o Gui, estavam lá. Uns amores. Nos encontramos e um certo dia saímos pra jantar. Em uma Vila tinha alguns bares, um calminho, que já íamos entrando e de repente, ao lado, uma barulheira. Os maridos – óbvio – correram pra lá. Rsss…Quando fomos ver era um bar grego.
Todos jantavam calmamente. De repente, o som chamava a atenção, e os garçons subiam nas mesas dançavam, chamavam os clientes e arremessavam papéis pelo ar. O Bar era uma tremenda bagunça organizada. E a comida uma delícia. Comemos cordeiro, estava maravilhoso.
Infelizmente não lembro o nome do bar, mas pra quem vai lá, é na International Drive, em uma Vila antes da casa de cabeça pra baixo (se alguém achar me fale, rs).
Segue fotinhas.

Companhia mara!!

E tá aí, todo mundo na mesa.
Agora sim, segue a receita do Mussacá, mas vou dar umas dicas no final, ok?!
A receita foi tirada do livro que falei acima, que pode ser encontrado na loja da Abril .
* MUSSACÁ
– Azeite
– 200 g de berinjelas cortadas em rodelas de 1 cm de espessura
– 125 gramas de batatas cortadas em rodelas de 1 cm também
– 1 cebola média picadinha
– 1 dente de alho espremido
– 200 g de coxão mole moído
– 200 g de pernil moído
– 250 g de tomate sem pele e sem semente picadinhos
– 3 colheres de salsinha
– 2 colheres de orégano seco
– 1 folha de louro
– sal a gosto
– pimenta do reino moída a gosto
Prepare o mussacá – em uma frigideira esquente um pouco de azeite e doure as berinjelas. Nessa hora pra ajudar e não usar muito azeite (que eu acho que também faz mal em excesso) vai pingando um pouquinho de água. Eu percebi que a berinjela chupa o azeite rapidinho, então é melhor polvilhar água. Em seguida, vai grelhando, até ficarem molinhas, tira e coloque sobre o papel toalha. Em fogo médio frite as batatas no azeite, até ficar molinhas viu, não deixe endurecer, então fique atento ao ponto, vai tirando e testando. Faz isso com todas as batatas e também coloque no papel toalha.
Em seguida, doure a cebola e o alho em duas colheres de azeite, coloque as carnes misture tudo, cozinhe e frite. Como a carne moída de um macarrão. No final do cozimento, antes de fritas muito, coloque os tomates, salsinha, orégano, louro e sal. Deixe cozinhar até formar um molhinho consistente com o tomate. Não é igual molho de tomate, é mais seco, ok?!
Por fim, prepare o molho bechamel pra cobrir tudo. É o creme de lá creme, rsrs!
*MOLHO BECHAMEL
– 60 g de manteiga
– 80 g de farinha de trigo
– 500 ml de leite frio
– 2 colheres de parmesão ralado
– 1 ovo
– noz-moscada a gosto
——
Em uma panela derrete a manteiga e em seguida coloque a farinha de trigo, mecha bem com aquele batedor de arame pra não empelotar, mas se empelotar calma, até o fim da receita, mechendo bem, ele desempelota, experiência própria, rs. Aos poucos vai juntando o leite frio. Depois de tudo encorpado, misturado, coloque o queijo e desligue o fogo. Espere dar uma amornadinha e coloque o ovo sem parar de bater. Finalize com a noz-moscada, que faz hiper diferença no molho.

*MONTAGEM
Depois de tudo pronto faz o seguinte: pegue um refratário mais fundo e monte o Mussacá assim. No fundo da travessa coloque uma camada de batata e cubra com uma camada de refogado de carne, por cima coloque berinjela. E faça tudo de novo finallizando por último com a carne. Por último, coloque por cima da carne o molho bechamel e deixe no forno a 180 graus por 40 minutos, até dourar o molho de cima.
Pronto.
Os ingredientes.

Mussacá saindo do forno.

Pronto para comer.