Chega a segunda-feira e não tem jeito. Eu começo na segunda à noite. Geralmente já penso na semana de almoços integrais e lights! É a lei da compensação, kk! Ainda mais neste último final de semana em que viajei para Águas de São Pedro e me hospedei com minha família no Grande Hotel. A gastronomia de lá é fantástica. Ainda bem que foram apenas três dias, mais que isso ia voltar uns 5 kg mais gorda! Aff!!!

Essa salada é simples, mas bacana ao mesmo tempo.  O mais chatinho é encontrar o queijo feta. Eu encontrei no Museu da Gula de Ribeirão Preto, mas quem é de Campinas e região pode checar na unidade de Campinas, próxima ao bairro Cambuí. Em São Paulo é mais fácil encontrar em empórios como o Santa Maria (uma perdição esse lugar!!)!!

O queijo feta, segundo a Wikipedia é de origem Grega, feito tradicionalmente com leite de cabra e de ovelha. A partir de 2005 ele passou a ter D.O.C (denominação de origem controlada) na União Européia, e se estabeleceu que deve ter pelo menos 70% de leite de ovelha e o restante de cabra. Por isso, dê uma boa checada no rótulo, existem queijo fetas fakes por aí.

Salada com Queijo Feta
Senhora Mesa

Em um bowl misture rúcula baby, milho congelado cozido, broto de feijão, lascas de azeitona preta, fatias de cebola roxa e por último pedaços de queijo feta. Ele esfarela nas mãos. Regue com azeite, pimenta-do-reino preta moída na hora que é bem melhor e um leve fio do vinagre de sua preferência. Misture tudo e leve à mesa. Pode acompanhar todo tipo de carne ou atuar como prato principal de uma refeição leve e light.

Salada com Queijo Feta. Foto Senhora Mesa. Todos os Direitos Reservados.

Salada com Queijo Feta. Foto Senhora Mesa. Todos os Direitos Reservados.