Esta receita é antiga. Foi retirada do livro das domadoras, um livro de receitas produzido e editado em Jataí/GO, cidade onde eu nasci, com produção do Rotary de lá. Algumas receitas da minha avó, Ivanildes Carvalho, estão no livro.

Talvez a grande imigração de famílias árabes para o interior de Goiás tenha feito com que a comida típica deles fosse introduzida no dia-a-dia dos moradores. É comum encontrar o imigrantes em padarias, restaurantes e sempre conversando eu seu próprio dialeto. Assim como o cru, o quibe assado é muito comum por lá. O frito e o cru podem ser encontrados em qualquer parte do Brasil. Segundo a Wikipédia, o nome quibe deriva de Kubbeh, que em árabe significa bola.

Foto Patrícia Guimarães

É um prato popular no Líbano, Síria e Iraque, além do norte da África e Turquia. Apesar disso, não encontrei referências dos recheios nesses países. O mais comum eram ervas e carneiro. Acredito que o recheio de tomate, queijo e azeitona verde seja brasileiro. Como sempre damos um jeitinho, rs.

*Ingredientes:

Você vai precisar de 1 kg de carne moída de primeira. Eu faço sempre com patinho. 3 ovos inteiros, 2 colheres de chá de sal, 2 colheres de chá de manteiga, 1 colher de chá de pimenta do reino preta, 1/2 kg de trigo, 200 g de cebola ralada, 1/2 xícara de água, cebolinha e salsa à gosto. Pimenta verde de cheiro se gostar. (Ela é usada no preparo de praticamente todos os pratos de Jataí).
Para rechear o quibe você vai precisar de 1/2 kg de tomate em rodelas, 20 azeitonas verdes picadas e 300 g de queijo fresco (ou mussarela se preferir).

*Mão na massa:

Lave o trigo e deixe de molho com água cobrindo por duas horas. Depois disso, esprema o trigo muito bem e junte à carne. Acrescente o sal, cebolinha, salsa, pimenta do reino, cebola e amasse bem. Se você tiver um moedor de carne em casa, depois de acrescentar esses ingredientes passe novamente a carne pelo moedor. Coloque o restante dos ingredientes, ovos, manteiga e amasse bastante. Unte a forma (pode ser pirex de vidro) com manteiga.
Monte da seguinte maneira: coloque uma camada de quibe e vá cobrindo o fundo espalhando com os dedos, coloque o tomate em rodelas, a azeitona, em seguida o queijo e por último outra camada de quibe. Passe uma camada leve de manteiga por cima e borrife uma pequena quantidade de água.
Leve ao forno por cerca de uma hora a 180 g.
Dica: Mesmo se estiver com pressa não coloque em forno com temperatura alta, pois corre o risco de ficar seco. O melhor mesmo é ir assando lentamente.
Para acompanhar não precisa mais do que um arroz branco bem feitinho e limão.

Espero que gostem! Essa receita é muito caseira, daquelas de avó mesmo.

Beijoss!!