Há cerca de um mês comprei um potinho com duas trufas negras. Parte utilizei para saborizar alguns vidros de azeite e parte no preparo de alguns pratos, como esse risoto de camarão. Eu fiz ele duas vezes. Primeiro, uma porção individual para eu experimentar essa receita, uma adaptação do tradicional risoto de camarão, mas com os ingredientes que eu tinha em casa. Também comprei em um empório um potinho com flor de sal de Guérande, uma cidade francesa na Bretanha.

Foto Patrícia Guimarães

A flor de sal é um sal mais grosso, e tem sabor mais concentrado por armazenar melhor os micronutrientes em sua formação. Ele é recolhido da superfície das salinas, com muito cuidado e equipamentos especiais, para não tocar no fundo. Ele deve ser usado na finalização dos pratos com moderação para realçar o sabor. Além do sal de Guérande, um outro também bastante utilizado é o de Algarve, no sul de Portugal. O Brasil também está produzindo em Mossoró (RN). No entanto, o produto ainda é encontrado apenas em empórios e casas especializadas em produtos gourmets. Este produzido no Brasil nunca consegui encontrar.

*Ingredientes (porção individual)

12 camarões médios
meia xícara de arroz arbóreo
uma taça de vinho branco seco
quanto baste de caldo de peixe
duas colheres sopa de parmesão ralado
uma colher de chá de manteiga
quatro sopa colheres de azeite
quatro lascas finas de trufa negra
uma pitada de flor de sal

*Modo de fazer

Antes de tudo limpe bem os camarões, retirando a casca e a tripa do dorso com um palito de dente. Na hora de comprar peça para retirarem a cabeça. Reserve. Em uma panela coloque duas colheres de azeite e em fogo brando refogue o arroz por cerca de cinco minutos. Em seguida, acrescente o vinho e deixe evaporar. Coloque duas conchas grandes de caldo e vá mexendo devagar deixando o risoto cozinhar lentamente. Vá acrescentando o caldo aos poucos, de acordo com que o arroz vai absorvendo o líquido. Para saber o ponto certo, prove. Algumas pessoas preferem mais al dente, e outras o grão mais macio, como eu. Quando estiver para colocar a última concha de caldo, em uma frigideira, aqueça o azeite e passe o camarão pela panela rapidamente, por uns dois minutos.
No fim do cozimento acrescente o camarão, incorpore o queijo e a manteiga. Deixe descansar por dois minutos. Na hora de servir, salpique no prato a trufa negra e finalize com a pitada de flor de sal.