Tender ao Molho do próprio Assado, Mostarda e Mel

Eu sempre achei tender um prato muito sem graça. A carne fica com cara de presunto e apesar de compor o menu da ceia, nunca ia para o meu prato. Essa receita mudou completamente a minha visão. Não acho legal fazê-lo frio ou somente com frutas. Acredito que o tender precisa e muito de um molho gostoso que o acompanhe, pra dar mais suculência.

O tender foi trazido ao Brasil pelo frigorífico Wilson, é nada mais é do que presunto cozido defumado. Na embalagem, a frase tender made, feito com carinho, acabou dando o nome do presunto no Brasil. Isso foi por volta da década de 60.

Essa receita é simples e fica muito saborosa. O especial é você usar muitas ervas frescas, aliás elas nunca faltam na minha geladeira. Tenho sempre um pouco de tomilho, alecrim, manjericão de alguns tipos, sálvia…acho essencial cozinhar com elas!

Para acompanhar o nosso dia-a-dia e dicas de restaurante siga nosso Instagram: @senhoramesa

Tender ao Molho do próprio Assado, Mostarda e Mel

Senhora Mesa

1 peça de tender
alecrim, tomilho e manjericão frescos
3 colheres de sopa de mostarda Dijon
2 colheres de sopa de mostarda
3 colheres de sopa de mel
4 colheres de sopa de manteiga em ponto de pomada, em pasta (tire da geladeira 30 minutos antes)
suco de 3 laranjas
1/2 copo de vinho branco (100 ml)

Preparo
Antes de tudo, encha uma panela de pressão com água e coloque o tender para cozinhar inteiro por 25 minutos após pegar pressão. Esse cozimento extra antes de levar ao forno faz toda a diferença na carne.  Logo depois aqueça o forno a 180°. O mais indicado é o forno a 150°, ok. Misture as ervas frescas com a mostarda, a manteiga e o mel. Não economize muito nas ervas, use pelo menos uma colher de sopa de cada. Usei mais tomilho do que alecrim. Já na forma, passe essa manteiga preparada por todo o tender e coloque nos espaços abertos embaixo do tender. Esprema as laranjas por cima, cubra com papel alumínio e leve para assar. É importante assar devagar para não queimar a manteiga. Asse por 10 minutos coberto e por mais 20 no máximo sem o papel alumínio. Mas fique de olho, a manteiga não pode queimar, então se perceber que o tender ainda não dourou e está começando a fritar a manteiga, abaixe o forno.
Quando o tender estiver dourado, retire da forma, coloque em outra e reserve no forno desligado para manter aquecido. Leve a assadeira para a chama do fogão, baixa, e com a ajuda de uma espátula retire toda a borra do fundo. Acrescente 1 copo de vinho branco e sal e deixe reduzir até ficar um molho mais grosso. Passe pelo coador. Fatie o tender e por cima coloque esse molho. Decore com folhas de ervas e leve à mesa. Servimos com um couscous.