Django Livre. Quentin Tarantino está mais Tarantino do que nunca em seu novo filme. Disparado melhor que Kill  Bill e tão bom quanto Bastardos Inglórios. É um banho de sangue inusitado, divertido e polêmico. Desta vez ele fala da escravidão, sem meias palavras. Mas no final o bem vence, e é o que a gente espera mesmo.

Antes de Django, interpretado por Jamie Foxx, matar um tanto bom de gente em uma das últimas cenas do filme, Calvin Candie (Leonardo DiCaprio) oferece uma fatia de white cake para o Dr. King Schultz (Christoph Waltz). Um icônico White Cake para retratar o enredo.

O white cake (bolo branco) é bem famoso nos EUA. Quase como o nosso de fubá. Fui ontem pra cozinha e fiz a minha versão do white cake from Django. A receita é do site da Martha Stewart. Para rechear e cobrir eu usei buttercream, outro clássico da confeitaria americana. Adorei. Como tudo por lá, é bem calórico, mas vale a pena.

Versão Senhora Mesa do White Cake do filme Django Livre

Buttercream para cobrir o white cake. Use também para cobrir cupcakes

Gostou? Deixe o seu comentário!

Vou adorar responder!