Marca de fast-food saudável, a Le Verde é a 1ª no esquema “pague e leve”, com alimentos sem glúten e lácteos e focada em “superfoods” nas praças de alimentação do Shopping Iguatemi Alphaville.

Mais do que “fast food”, “fast” e “good”, foi inaugurada a marca de fast food saudável Le Verde, no Shopping Iguatemi Alphaville, em Barueri, região metropolitana de São Paulo. Num corner localizado estrategicamente em frente à academia Bodytech, no Piso Lazer,  a Le Verde será a primeira marca, nas praças de alimentação de shopping centers de São Paulo, com alimentos isentos de glúten, leite, conservantes, corantes, soja, açúcar refinado, gordura trans; com frutas, saladas e verduras 100% orgânicas e vindas de produtores certificados e com menu composto por ingredientes reconhecidos por médicos e nutricionistas como “superalimentos”. Trata-se de alimentos ricos em vitaminas, minerais, fibras, antioxidantes e fitonutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo.

A loja é administrada pelos empresários Liliane Bida e Rafael Félix e os empresários esperam abrir outras em pontos estratégicos da cidade ainda neste primeiro semestre, sempre dentro de shopping centers. O casal teve a ideia de montar o negócio ao ver redes de alimentação práticas e saudáveis em Londres e Buenos Aires. Rafael é celíaco e ambos, ele, arquiteto, e ela, executiva de marketing de grandes empresas, nunca encontravam produtos que unissem sabor, saúde e praticidade. “Toda vez que saíamos para comer com amigos, era o mesmo constrangimento: todos comiam e o Rafael ficava no suquinho ou então só comia pão de queijo. No último ano, surgiram opções glúten free no mercado, mas não nas praças de alimentação de shopping e não necessariamente preocupadas com a questão dos orgânicos e dos superfoods. E nosso objetivo não é só o público com alergia ou intolerância alimentar. São todos aqueles preocupados em aliar saúde e nutrição. Não é um modismo, é uma necessidade. Por isso, é um mercado que veio para ficar”, explica Liliane Bida, sócia da Le Verde. Dessa necessidade própria, nasceu a Le Verde. Modelo de negócio em que o cliente mesmo se serve e que já vem com as embalagens prontas para o consumo,  seja em casa, seja no escritório ou ali mesmo na praça de alimentação.

www.tbfoto.com.br LE VERDE - Sao Paulo/SP, BRASIL - 04/02/2016 Foto: Tadeu Brunelli ATENCAO: Toda foto deve ser publicada com o credito do autor, na sua integra sem cortes ou modificacoes, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

Loja

O primeiro corner da marca tem 9 m2, estilo rústico-chique, projeto coordenado pelo sócio da Le Verde, o arquiteto Rafael Félix, e executado pela Mkt Marcenaria Corporativa (que assina projetos badalados no Brasil e no mundo de marcas como Alpargatas, Speedo, Volkswagen). Com materiais que simulam sua forma bruta (concreto, madeira, metal e eletroduto aparente), a loja tem o formato de uma caixa e foi inspirada em cafés europeus. Tem um ar de feira chique. O cliente pega, paga e leva, dentro de um portfólio de mais de 150 produtos, que vai de pães a snacks funcionais, de bolos a trufas e até um “energy ball” vegano, perfeito para o pós-treino. Preparados na hora, às vistas do cliente, há o expresso com leite de amêndoas e o matchá latte (o poderoso chá da cerimônia japonesa, uma opção de poderoso antioxidante e com 5 vezes mais cafeína do que o café).

Os sócios tiveram de selecionar rigorosamente os fornecedores de matéria-prima, com certificados e testes laboratoriais comprovando que suas matérias-primas não conteriam nenhuma contaminação desses produtos. Tudo para garantir a qualidade do produto final e oferecer total segurança aos seus consumidores. Para substituir ingredientes industrializados por opções naturais e orgânicas e retirar totalmente o trigo e o leite do menu, a Le Verde contou com uma equipe especializada. O menu tem assessoria técnica da nutricionista clínica e esportiva Hannah Médici Scielzo e gastronômica da chef Juliana Furlan, expert em alimentação funcional. As folhas, verduras e frutas vêm de pequenos produtores familiares. Consumir produtos orgânicos significa não só respeitar a saúde,  mas todo um ecossistema, valorizando a mão-de-obra local e o pequeno produtor.

Menu

Um dos destaques do menu são os iogurtes. Como chegar ao resultado final sem leite? Depois de inúmeros testes, chef e sócios chegaram a uma versão com gosto e textura de iogurte. Um dos segredos é o leite de coco. Sem glúten e sem lácteos, o iogurte da Le Verde e todos os seus derivados, como os parfaits, contêm probióticos, as chamadas “bactérias do bem”.

Dentre os  “superalimentos” trabalhados no menu, destaca-se a castanha de baru, uma iguaria vinda do Cerrado matogrossense. Ela está presente em vários snacks da marca, como o Mix Immunity, que tem um mix de frutas secas com baru. Considerado o “Viagra do Cerrado”, o baru é tão rico em ômega 3, 6 e 9 com ácidos graxos insaturados quanto os peixes. É apontado, ainda, como um grande aliado no combate a doenças crônicas e degenerativas.

Produtos “to go”, para facilitar o dia a dia e ainda dar uma força ao sistema imunológico.  Mas, apesar das propriedades medicinais, comida boa não pode ter gosto de remédio. Por isso, os sócios ficaram 2 anos testando receitas, aprimorando e pesquisando, com opções do café da manhã ao jantar, com pratos que encantam pelo sabor e pela apresentação. Porque menu funcional, para funcionar mesmo, tem de ser bom ao corpo e fazer brilhar os olhos.

Le Verde

Endereço: Shopping Iguatemi Alphaville – Loja 11 – Piso Lazer
Tel. 11 9 8222-9912.

Horário de funcionamento: de segunda-feira a domingo, das 7h30 às 22h. Abre todos os dias. Mesmo horário nos feriados.

CC: American Express, Diners,  Mastercard, Elo, Visa, Hipercard, Hiper, Discover, Aura, Cabal Crédito, Sorocred, Sicredi, Bandeira Mais!, UnionPay Internacional (UPI), Agiplan, Credz, JCB.

CD: Mastercard Maestro, Visa Electron, Cabal Débito, Sicredi Débito.

Ticket-Refeição: Alelo, Sodexo, VR, Ticket.