Meu Pé de Café Inaugura em Piracicaba elevando o Status do Café

Meu Pé de Café inaugura em Piracicaba. Os sócios Júnior Damada, Marcelo Giovanini e Máinon Covolam se uniram pra trazer um novo conceito para a cidade, com cafés especiais, extrações exatas e um espaço ideal para uma pausa. O espaço escolhido foi um casarão no centro da cidade, num quadrilátero ocupado por inúmeros restaurantes e que tem se tornado cada vez mais um reduto gastronômico de Piracicaba. A cafeteria ocupa a parte externa e o porão, na mesma propriedade onde está instalada um caworking junto com outras empresas, como de tecnologia e arquitetura.

Clique Aqui e Acesse a Página do Facebook do Meu pé de Café

Clique Aqui e Acesso o Instagram do Meu pé de Café

Já segue o nosso Instagram? Ainda nãooo!! Clique Aqui e acompanhe o dia-a-dia das produções!

Os sócios Júnior Damada, o chef Máinon Covolan e Marcelo Gianini inauguram em Piracicaba a cafeteria Meu Pé de Café com conceito exclusivo e inovador.

Os sócios Júnior Damada, o chef Máinon Covolan e Marcelo Gianini inauguram em Piracicaba a cafeteria Meu Pé de Café com conceito exclusivo e inovador.

A ideia partiu de Júnior, que trabalhou por 12 anos em um banco. “Na verdade, o sonho de ter uma cafeteria foi sempre da minha mãe. Ela mora em Americana e tem um Buffet, chamado Paris.”, conta. O mercado financeiro lhe rendeu um nível de estresse altíssimo e até crise de pânico. “Resolvi fazer alguma coisa que eu gosto, e eu sempre gostei de café. A minha avó tinha um pé de café no fundo da casa dela e junto com a vizinha moía, torrava e extraía. Era um café super doce”, Júnior diz sorrindo ao lembrar dos momentos com a avó.

O avô também colaborou com essa inclinação por café. “Eu já tomava café na faculdade, no curso de Administração e Comércio Exterior. Mas essa paixão ganhou mais força quando me tornei gerente no banco, e foi colocada uma máquina de café do lado da minha mesa. A partir daí comecei a pesquisar sobre blends, e tudo o que envolve o café”, diz.

Júnior estudou no Coffee Lab, a maior escola de baristas no Brasil, focada em cafés de altíssima qualidade, especiais, com responsabilidade eco-social e rastreabilidade do pé ao pacote. Lá também funciona uma torrefação própria. O projeto é da barista Isabela Raposeiras, vencedora do primeiro Concurso Nacional de Barismo do Brasil, Mestre de Torra e Q Grader (certificação internacional de degustação de cafés especiais).

Mas nenhum estudo num centro renomado basta. Júnior se alimenta no dia-a-dia por sua paixão por café e faz questão de cuidar pessoalmente de todo o preparo na cafeteria Meu Pé de Café. “Quando eu for contratar alguem para trabalhar, não quero apenas contratar uma pessoa, quero formar um barista apaixonado por café para ser parceiro em nosso atendimento”, afirma. Lá, cada preparo, cada pessoa, é atendida exclusivamente.

Alias, tomar um café no Meu Pé de Café é ter uma aula personalizada poucos minutos antes da degustação. Você pode escolher entre diversas extrações como Espresso, coado na Hario, Aeropress e Coador de Pano. Junto a um amigo que possui uma torrefação, Júnior desenvolveu um tipo de torra especial para cada tipo de extração. O café usado na casa foi resultado de muita busca, um Arábica da variedade catuai amarelo, onde a cereja é amarelinha. A produção é da fazenda do seu Joselino, que fica em Minas Gerais, quase divisa com Espírito Santo.

Já que a torra desenvolvida por ele é exclusiva, seu café também não pode ser encontrado em nenhum outro lugar. A extração em Hario, por exemplo, é feita numa taça. “A taça foi escolhida para essa extração pois não segura a temperatura por tanto tempo como a porcelana. E conforme a temperatura cai, esse café sobre mutação e o sensoriais como acidez e doçura sofre mutações”, ensina Júnior.

Não deixe de experimentar o Irish Coffe, com açúcar mascavo orgânico, doppio, Jameson e crema gelada e o Affogato, doce de leite que escorre pela borda da xícara, doppio e generosa bola de sorvete de creme.

Meu pé de Café inaugura em Piracicaba elevando o status do café com grãos especiais e extrações corretas. Foto Senhora Mesa.

Meu pé de Café inaugura em Piracicaba elevando o status do café com grãos especiais e extrações corretas. Foto Senhora Mesa.

 

Espresso com torra desenvolvida especialmente pelo Júnior Damanda, um dos sócios da casa, idealizador do projeto e um barista apaixonado!

Espresso com torra desenvolvida especialmente pelo Júnior Damanda, um dos sócios da casa, idealizador do projeto e um barista apaixonado!

A cafeteria funciona das 10h às 22h, e o cardápio passeia por café da manhã, almoço, lanches e jantar. O menu foi criado pelo sócio e chef de cozinha, Máinon Covolam. Já provei no café da manhã croissant com queijo minas na chapa acompanhado de um capuccino. Simplesmente um carinho para o estômago. “Eu procurei colocar no cardápio referências dos quase dez anos de profissão e receitas que tenham ligação com a cafeteria e a nossa proposta”, conta o chef.

Os pães são uma diversão à parte. Produzidos pelo chef Paulo Verrengia, que apresenta um dos melhores pães da cidade, ganham sua melhor forma em combinações como a ciabatta que leva berinjela, rúcula fresca, muçarela de búfala, agrião e molho de mostarda e mel. ou o multigrãos que é recheado com presunto Parma, queijo ementhal derretido, agrião e maionese de ervas.

Na pausa para o almoço atenção às saladas e aos três tipos de massas oferecidos, como o Pappardelle ao Siciliano, com mascarpone, limão siciliano, pimenta-do-reino, queijo parmesão e manjericão, o Fettuccine da Andrea, com tomate picado, cogumelo shitake, cebola, alho, rúcula, cebolinha e queijo parmesão e o Fettuccine da avó Maria, com tomilho fresco e muçarela de búfala. “A minha avó foi quem me inspirou a cozinhar. Ela deixava eu fechar o pastel e fazer várias outras receitas. Enquanto meus primos brincavam eu estava com ela na cozinha e essa massa é uma homenagem pra ela”, comenta Máinon.

Meu pé de Café Inaugura em Piracicaba

Pappardele ao Siciliano do Meu pé de Café. Menu elaborado pelo sócio e chef Máinon Covolan.

 

IMG_2641

Ah, eu passei por lá recentemente, e não paguei meu café espresso. Uma outra pessoa já tinha deixado pago. Passei a corrente pra frente, e deixei um pago para o próximo também. Afinal, gentileza gera gentileza e a vida anda precisando de muito mais amor!

O espaço é gostoso, e ideal para uma pausa para o café. Além disso, cada detalhe foi feito pelo trio, que botou literalmente a mão na massa. Confira nas fotos e não deixe de conhecer. Eu já virei fã! O endereço é Rua Alferes José Caetano, 1420, Centro. Piracicaba/SP.

IMG_2636

IMG_2649

 

IMG_2648

 

IMG_2638

 

LEIA TAMBÉM

INAUGURA LE BIFE COMANDADO PELO CHEF ERICK JACQUIN
CINCO DICAS PRA CURTIR O INVERNO EM CAMPOS DO JORDÃO
RECEITA DE FONDUE DE BRIGADEIRO E MARSHMALOW