Gente, eu recebi esse texto das jornalistas Mariana Bittar e Janaína Oliveira. Achei bem interessante e publicamos aqui!!! É um artigo em comemoração ao Dia da Indústria no Domingo.

O Alimento da Economia
Por Mariana Bittar e Janaina Oliveira

A busca pelo crescimento econômico e desenvolvimento só é possível para empresas que focam em qualidade e na satisfação do cliente. Apesar da oscilação do mercado nacional, não tem uma fórmula mágica, mas sim, desenvolver estratégias de fidelização do cliente, assim como uma estrutura financeira para segurar ao máximo a variação nos valores.

Dados da Aberc de 2013 (Associação Brasileira de Empresas de Refeições Coletivas) estimam um faturamento de R$ 16,6 bilhões para o setor nesse ano. Um resultado promissor, mesmo diante das variações que o rodeiam, como o clima, que influencia diretamente na safra dos alimentos e consequentemente na alta inflação de seus preços. O mercado de refeições coletivas também é parâmetro para avaliar a economia dos setores que atende, como indústria, comércio, construção civil, entre outros. Além disso, é termômetro para contratação de trabalhadores, visto a necessidade de mão de obra para a execução deste tipo de serviço.

O atendimento a empresas de médio e pequeno porte é uma oportunidade visível, visto o crescimento em 4% no país, conforme pesquisa realizada no ano de 2013 pelo BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social). Com proximidade de acesso a alta gestão destas empresas, é possível oferecer um serviço de qualidade, que traga comodidade e economia de tempo ao cliente – que por sua vez visa à satisfação dos funcionários – alcançando um controle de preços acordados e mantendo sua solidez no mercado.

A estratégia de crescimento da Tempero Certo Refeições Coletivas foi baseada em dados do setor para projetar o crescimento em faturamento e expansão para atender a região metropolitana de Campinas, com a inauguração do restaurante em Sumaré, interior de São Paulo.

Nos últimos oitos anos, a Tempero Certo – líder no mercado de refeições coletivas em Piracicaba – obteve um crescimento de 178% em número de clientes e vem se desenvolvendo gradativamente. “Uma empresa de alimentação que trabalha para tantas outras empresas não deve parar de buscar inovações e melhorias, e nem pode se acomodar frente às crises de mercado”, enfatizou a diretora Margarete Gomes Antunes.

Com um planejamento estruturado, a construção da nova sede prevista para ficar pronta em 2016, é uma maneira de apostar no crescimento do setor de refeições coletivas. “O local terá capacidade para atender 5000 serviços/dia para refeição transportada com a nova cozinha piloto, e reunirá as atividades administrativas e operacionais em área de 6500m² e 2500 de construção”, contou o diretor Levy Pugliese Antunes.

O ano, marcado por dois grandes eventos esportivos – Copa do Mundo e Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro – além das eleições a presidência, será seguido por potencial desenvolvimento do país, e as empresas precisam estar preparadas para serem competitivas.

Alimentação é peça chave para o bom desempenho do colaborador de qualquer empresa, portanto, deve ser tratada com o peso adequado e se adaptar aos padrões nutricionais estabelecidos pelo PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador).

A Tempero Certo enfrenta as oscilações da economia sem afetar diretamente o cliente, e continua proporcionando uma alimentação saudável e de qualidade para que os consumidores finais sintam-se em casa.

A Tempero Certo

Há 29 anos no mercado, a Tempero Certo Refeições Coletivas se atualiza constantemente para propor a melhor solução nutricional aos trabalhadores de mais de 50 indústrias da macrorregião de Piracicaba. Muitas foram as conquistas nestes últimos anos, dentre elas, a certificação ISO 9001:2008, que atesta foco na qualidade em todos os processos.

A Tempero Certo é responsável pela administração de restaurantes e refeição transportada. No projeto e administração da cozinha e do restaurante, a empresa atua desde a concepção do espaço, planejamento do cardápio, compra dos produtos, gerenciamento de mão de obra, elaboração das refeições até a distribuição e limpeza do local. Nas refeições transportadas que são preparadas na Sede Operacional, os alimentos são acondicionados em hot boxes, transportados em veículos adequados, e em seguida servidos no refeitório do cliente por uma equipe especializada, permanecendo em balcões térmicos durante a distribuição para melhor conservação da temperatura.

A empresa conta com uma completa estrutura para operacionalizar os processos, e de praxe, garante aos clientes não só uma refeição com segurança alimentar, mas também, com o sabor tipicamente caseiro.