Fui ao lançamento nacional da comédia “Os Homens São de Marte… E É Para Lá Que Eu Vou”. Baseado na peça homônima de Mônica Martelli (Saia Justa – GNT), o filme narra a saga de Fernanda (Mônica), que, aos 39 anos, não consegue engatar nenhum relacionamento sério. Ela passa os dias organizando casamentos na empresa que tem em sociedade com o amigo, Aníbal (Paulo Gustavo), bem sucedida nos negócios, ela não tem com quem dividir a vida – “Ninguém quer ficar milionário e dormir sozinho na cama”, conta a atriz.

No elenco Eduardo Moscovis, Marcos Palmeira, Humberto Martins, José Loreto, Herson Capri, Peter Ketnath, Irene Ravache e Julia Rabelo, e, um show a parte dos atores Paulo Gustavo e Daniele Valente! (Com direito a participação especial de Lulu Santos)

Os clichês estão presentes, como em todas as comédias românticas. E não há mal nisso, pois são muito bem conduzidos pelo roteiro de Mônica. O tema pode não ser nenhuma novidade, mas o filme é original e sincero, afinal quem nunca amou, e desejou ser amado?