Você está em:
Cozinheiro do Futuro

Cozinheiro do Futuro

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Versão para impressão

Conteúdo da publicação

O processo de cozinhar é algo muito antigo, tendo sua origem provavelmente junto com a descoberta do fogo, sendo que desde aí o ser humano vem cozinhando os seus alimentos. A maioria das pessoas cozinham em casa, para alimentarem suas famílias. Mas existem alguns que gostam tanto de cozinhar, que decidem cozinhar como forma de trabalho, surgindo ai, a profissão de cozinheiro.

Algumas dezenas de anos atrás, as cozinheiras preparavam seus alimentos de forma bem artesanal, recebendo os ingredientes frescos, através de pequenos produtores. Elas preparavam o alimento em cozinhas muitas vezes rudimentares, nos seus apaixonantes fogão de lenha, em processo demorado, mais que transformava o ingrediente em uma preparação maravilhosa.

Com a vinda dos tempos modernos essas cozinheiras começaram a trocar seus fogões á lenha, por fogões á gás. Os ingredientes em grandes cidades, deixaram de ser produzidos em locais próximos e começaram a ser produzidos em larga escala, diminuindo a qualidade do alimento e utilizando químicas nos alimentos.

O tempo foi passando, e as pessoas cada vez trabalhando mais, e ficando sempre com menos tempo, principalmente para comer. Nesse momento muitas pessoas começaram a fazer suas refeições fora de casa. Isso fez com que as cozinhas se modernizarem, cozinhas profissionais fossem construídas, cursos profissionalizantes começaram a ser criados.

Junto desse processo fomos infectados pelo Fast food, através da fabricação de comida pré-pronta ou pronta, para ser consumida de forma rápida. Esse tipo de serviço criou um mecanismo para reduzir custos e consequentemente mão de obra qualificada, sendo que qualquer um poderia executar as funções com um simples treinamento. Isso causou desemprego para muitos cozinheiros, sendo um início radical de mudança no mercado de trabalho desse setor.

Atualmente chegar ao mercado para comprar uma feijoada na latinha, nem faz tanto sucesso, mas quando foi lançada à anos atrás, trouxe surpresa e curiosidade as pessoas, e muito foi vendido desse produto. Mas hoje em dia compramos tudo pronto ou congelado, e gostamos dessa praticidade, apesar dela trazer prejuízos principalmente para nossa saúde.

Agora aqui no Brasil estamos começando a conhecer o Slow food, que é uma tendência que vem de encontro com o Fast Food, propondo uma alimentação com mais tempo, havendo uma preocupação com a origem e qualidade dos alimentos, além de ter uma consciência dos impactos que nossos alimentos causam ao planeta.

Dentre tantas mudanças nos padrões alimentares, os profissionais que trabalham no setor sofrem grande influência e necessitam se adaptar para continuar no setor. Até comida em capsula é fabricada atualmente. E aonde isso vai parar? Qual serão as novas criações ou maluquices? Qual o futuro dos alimentos? Vamos nos alimentar de venenos? Quem serão os cozinheiros nos dias futuros?… Serão robôs?  Os cozinheiros da geração atual necessitam refletir sobre isso, pois os mesmos serão os responsáveis pelo alimento do futuro, e tem possibilidade de transformar o alimento da forma que quiserem, podendo trazer alimentos com mais qualidade, sabor e saúde.

Palavras-chaves

Gostou? Conta pra gente o que achou!

Veja mais notícias semelhantes

Ospreferidos na mesa

Receitas e promoções sempre em primeira mão

Se você quer ser a primeira a receber as novidades da Senhora Mesa e não perder nenhuma das promoções que iremos lançar, preencha seu nome e e-mail e ganhe já o e-book Cozinha fácil!

Junte-se a mais de 50.000 cozinheiros e cozinheiras do brasil e do mundo

Receba sempre em primeira mão as novidades do nosso site e comece a fazer sucesso na cozinha!