Você está em:
Produtor de alho negro desenvolve plataforma e-commerce e alavanca suas vendas

Produtor de alho negro desenvolve plataforma e-commerce e alavanca suas vendas

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Versão para impressão

Conteúdo da publicação

Empresário – produtor do Alho Negro do Sítio – encontra o consumidor-chave no negócio on-line

O mercado varejista no Brasil é muito amplo e concorrido. Alguns empresários, como Fernando Kondo (produtor do Alho Negro do Sítio) encontram no e-commerce a oportunidade de alavancar as vendas e disseminar sua marca pelo país. O site é uma ferramenta excelente na relação custo-benefício se comparado ao merchandising tie-in (editorial).

No caso do Fernando Kondo, produtor do Alho Negro do Sítio, ele contava com um produto de ótima qualidade, que acrescentava diversos sabores à mesa dos consumidores e trazia melhorias para a saúde. Contudo, o produto se restringia aos arredores do local de produção, no interior de São Paulo, e pouquíssimos consumidores conheciam ou tinham acesso. Foi aí que o empresário teve a ideia de produzir o seu próprio site, a fim de disseminar a marca e não gastar horrores com publicidade ou pagando uma empresa para desenvolver a ferramenta. A sacada foi fundamental para o crescimento da empresa, dali em diante o alho negro se desenvolveu, chegou à mesa de um maior número de consumidores e as gôndolas dos supermercados e empórios.

Hoje, a empresa de Kondo, situada na cidade de Guatapará, no interior de São Paulo, com escritório na capital paulista, conta com a maior fatia das vendas no on-line, sendo de 60%. Já os outros 40%se dividem entre restaurantes, principalmente para uso nas pizzarias, e em empórios, que só comercializam produtos naturais.

Existem várias plataformas e-commerce com preços acessíveis e práticos, sem necessidade de um programador ou um grande investimento. Uma excelente oportunidade para pequenos produtores. “É um produto difícil de ser vendido, pois as pessoas não têm muito conhecimento sobre ele, além de ter um custo mais elevado. Porém existem pessoas que o procuram pelas suas propriedades naturais e por prevenir doenças. Como iríamos chegar até elas? Pela internet. O mais importante na ferramenta são as estratégias de marketing de interface e interação do site”, afirma Fernando Kondo.

O alho negro possui propriedades altamente benéficas e comprovadas, além de um sabor inigualável. E foi por inovar no produto e na forma de venda que Fernando Kondo encontrou o sucesso.

Para conhecer mais sobre o Alho Negro do Sítio, acesse o site.

Palavras-chaves

Gostou? Conta pra gente o que achou!

Veja mais notícias semelhantes

Ospreferidos na mesa

Receitas e promoções sempre em primeira mão

Se você quer ser a primeira a receber as novidades da Senhora Mesa e não perder nenhuma das promoções que iremos lançar, preencha seu nome e e-mail e ganhe já o e-book Cozinha fácil!

Junte-se a mais de 50.000 cozinheiros e cozinheiras do brasil e do mundo

Receba sempre em primeira mão as novidades do nosso site e comece a fazer sucesso na cozinha!